Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008

Prevalência e polémica dos transgénicos

 

Prevalência de culturas geneticamente modificadas

 

É estimado que a área de cultivo deste tipo de variedades esteja com uma taxa de crescimento de 13% ao ano. A área total plantada é já superior a 100 milhões de hectares, sendo os principais produtores os Estados Unidos, o Canadá, o Brasil, a Argentina, a China e a Índia. Vários países europeus, entre os quais Portugal, a maioria dos países Sul Americanos, vários países africanos e asiáticos e a Austrália têm cultivado também milhões de hectares de culturas transgénicas. As culturas prevalentes são as de milho, soja e algodão, baseadas principalmente na tecnologia Bt

 

 

Polêmica

  • Atualmente existe um debate bastante intenso relacionado à inserção de alimentos geneticamente modificados (AGM) no mercado. Alguns mercados mundiais, tais como o da Europa e do Japão, rejeitam fortemente a entrada de alimentos com estas características, enquanto que outros, como o Norte e Sul-Americanos e o Asiático (com a excepção japonesa), têm aceito estas variedades agronómicas.

 

O que são os transgénicos?

Aplicações dos transgénicos

Polinização cruzada - Transgénicos

Impacto na saude humana/animal - Transgénicos

Alerginicidade - Transgénicos

Factores sócio-económicos - Transgénicos

Utilização de compostos quimicos - Transgénicos

publicado por Administrador às 14:04
link do post | comentar | favorito

Polinização cruzada - Transgénicos

 

  • Uma das preocupações manifestadas em relação à utilização de plantas transgénicas prende-se com a possível polinização cruzada entre estas espécies com as existentes na Natureza ou com culturas não modificadas. Vários estudos têm demonstrado que a existência de polinização cruzada é real, mas que diminui drasticamente com a distância à cultura transgénica. Abud et al. (2007), num estudo realizado no Brasil, demonstraram que após 10 metros de distanciamento entre plantas de soja transgénica e soja convencional, a polinização cruzada é negligenciável. No caso do milho, Ma et al. (2004) referem que essa distância é de aproximadamente 30 metros. Tais dados levam a que, para a plantação de uma cultura transgénica, tenha que ser respeitada uma determinada distância de segurança em relação às culturas vizinhas. Os investigadores defendem que esta distância deve ser avaliada caso-a-caso devido às diferenças no tamanho, peso e meio de transporte dos diferentes grãos de pólen.
  • Uma outra controvérsia relacionada com a polinização cruzada foi a utilização da chamada tecnologia Terminator (em português Exterminador). Esta tecnologia baseia-se na adição à planta em causa de um gene que não permite a produção de pólen viável. A utilização desta ferramenta permitiria então a não-propagação do pólen transgénico, evitando quaisquer cruzamentos com outras plantas. Esta acção das empresas de produção de transgénicos foi largamente condenada por ser vista como uma tentativa de evitar que os agricultores pudessem propagar as plantas por mais que um ano, obrigando-os a comprar novas sementes todas as temporadas

 

O que são os transgénicos?

Aplicações dos transgénicos

Prevalência e polémica dos trangénicos

Impacto na saude humana/animal - Transgénicos

Alerginicidade - Transgénicos

Factores sócio-económicos - Transgénicos

Utilização de compostos quimicos - Transgénicos

publicado por Administrador às 14:01
link do post | comentar | favorito
eXTReMe Tracker

.pesquisar

 

.links

.Transgénicos

. O que são transgénicos?

. Aplicações dos transgénic...

. Prevalência e polémica do...

. Polinização cruzada - Tra...

. Impacto na saúde humana/a...

. Alergenicidade - Transgén...

. Fatores Sócio-economicos ...

. Utilização de compostos q...